TÁ TUDO BEM… NÃO TEM PROBLEMA!

‘Não tem problema mamãe,  é só fazer “isso ” ou “aquilo”. 

Uma das frases que Julinha(3 anos) mais tem falado para seu irmão ultimamente… 

Daí me faz lembrar do quanto precisamos ensinar nossas crianças a definirem ,distinguir um problema real e então PENSAR numa solução. Sair do FOCO no problema!

Dias atrás estava lembrando do Stories de uma influencer  que sigo e ela havia encontrado uma poça de xixi “escapulido” na cama, que sua filha (4 anos) havia coberto com os lençóis tentando “disfarçar ” o problema. Daí ela pergunta: ” porque vc fez isso? ” ” está certo esconder?”. “Mas, olha pra isso gente… fez xixi em tudo e ainda escondeu debaixo dos lençóis! Que coisa feia!”- Nossa,eu fiquei sem ar… 

Bem… não estou aqui para julgar essa mãe ou a atitude da criança, ou toda a exposição do fato, ok?

Mas, me fez refletir no porquê por vezes nós adultos ,nos esquivamos de um problema- :

Tenho 2 motivos: 

1.  Por medo de “brigarem” conosco, “apontarem” nosso erro- , colocarem um holofote em nossa vergonha- como a “mamãe” fazia. Assim evitamos os conflitos. É melhor “cobrir” esse xixi.

 ou

2. Por não sabermos COMO RESOLVER o problema. E muitas vezes não sabemos resolver porque quando criança alguém sempre resolvia por nós- mesmo que tenha nos aplicado um castigo antes disso. 

 

Então eu volto para a nossa infância e aquele momento de conflito e penso que se ensinamos a criança a enfrentar aquela situação sem constrangê-la, conseguimos junto com ela FOCAR na SOLUÇÃO! Mediar a aprendizagem na questão:

1. Definir o problema: a cama molhada de xixi. 

2. Ensinamos como resolver: tirar os lençóis para lavar ( pedir ajuda a um adulto para isso- já que confiamos que não seremos expostos) 

3. Pensar sobre como podemos prevenir tal problema novamente: fazer xixi antes de dormir- não beber líquidos tarde da noite… etc. 

 

Então, eu acredito que evitar o constrangimento,  o julgamento e a vergonha, trará sim para nossas crianças clareza para definir, resolver e evitar um novo problema. 

 

E assim a gente vai diluindo a ansiedade, a vergonha do erro e a esquiva de conflitos,  

Daí essa criança vira um adulto que saberá lidar melhor com os problemas-

Sendo HOJE educada cognitivamente a enfrentar seus desafios.

E por fim APRENDER a aprender!

 

” está tudo bem, eu consigo resolver isso…” 

Assim como minha Julinha diz: “Não tem poblema, vamos fazer assim, assim e assim…” 

E eu digo pra ela:

 –Está tudo bem ter problemas, porque vamos pensar juntas e FOCAR numa solução!  

 

Com amor,

Clique Aqui para Deixe um Comentário Abaixo

Deixe uma Resposta: